Notícias
» Realizada a II Audiência Pública de revisão do Plano Diretor e elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de Nova Bassano

 

04/05/2018

Em continuidade aos processos de revisão do Plano Diretor e elaboração do Plano de Mobilidade Urbana, que estão em andamento desde o setembro de 2017, o Município de Nova Bassano realizou na noite da última quinta-feira, 3, na Sociedade Educativa e Cultural Bassanense, a II Audiência Pública. O encontro contou com a população em geral e entidades representativas do município. Esta etapa consistiu na análise dos dados levantados, propiciando a identificação atual das fragilidades e das potencialidades do Município. A partir destas análises, foram elaboradas pela equipe técnica, com a assessoria Universidade de Caxias do Sul, um diagnóstico situacional sobre as diversas temáticas e os vários cenários/contextos de Planejamento Municipal/Regional.“Tivemos a oportunidade de explanar aos munícipes, o trabalho desenvolvido ao longo de meses. Vamos procurar sempre ouvir a população e a sociedade civil, os planos são instrumentos de participação da sociedade e dão um horizonte de desenvolvimento ao Município. Eles planejam os próximos anos da cidade, organizam seu crescimento e transformações, definem as ações prioritárias e os instrumentos urbanísticos que irão normatizar a cidade, além de proporcionar sustentabilidade e melhores condições de vida para a população, ressaltou a Coordenadora da revisão do Plano Diretor e elaboração do Plano de Mobilidade Urbana, a Arquiteta e Urbanista, Charlene Frasson Caús.“Nós defendemos, que uma administração democrática deve usar os recursos disponíveis para impulsionar as forças de integração, tendo em vista tornar a cidade o lar de todos, com a participação popular fortalecendo e revigorando o desenvolvimento do Município”, destacou o Prefeito Municipal, Sr. Ivaldo Dalla Costa.Para o Professor Mestre da Universidade de Caxias do Sul e coordenador técnico do projeto, Arquiteto e Urbanista André Melati, “como a Universidade tem caráter comunitário ela está sempre aberta para auxiliar os Municípios, ainda mais neste momento de revisão e elaboração dos Planos”.É imensurável o passo que o Município está dando no desenvolvimento da cidade. A equipe técnica especializada também vem ouvindo a comunidade ao longo do período, através das Oficinas de Planejamento Participativo, ocorridas nas sedes urbanas e comunidades rurais. O Plano começou em setembro de 2017, com a assinatura do Convênio – CISGA x UCS x Municípios, pois sabe-se que qualquer cidade que cresça de forma não planejada, desordenada sofrerá graves consequências, tendo seu futuro prejudicado. Além disso, a Leitura Técnica da atual situação do Município resultou no diagnóstico apresentado à população.Agora, os planos entram em sua terceira etapa – e mais importante -, que é elaboração e Pactuação de Diretrizes e Propostas, que vão culminar na III Audiência Pública, prevista para o agosto/setembro de 2018.Os planos são exercícios de cidadania que devem contar com a participação de toda a comunidade, além de serem discutidos com toda a sociedade antes de sua transformação em Lei. A participação de todos os cidadãos é fundamental em todas as etapas de elaboração, implantação, monitoramento e fiscalização dos Planos. É importante conhecer e discutir democraticamente as posições de cada segmento social, buscando que, ao final, prevaleçam aquelas propostas que representam os interesses da maioria da população.